Síndrome do Túnel do Carpo

Os nervos e tendões musculares chegam até a mão e dedos por meio do túnel do carpo (estrutura localizada entre a mão e o antebraço). O canal do carpo é um túnel rígido pelo qual passam, além do nervo mediano, os tendões flexores dos dedos, revestidos pela bainha sinovial. Qualquer edema ou outra patologia que estreite esse túnel pode causar a síndrome do túnel do carpo e comprimir o nervo mediano do braço (nervo que fornece sensações e movimentos para partes da mão e dedos).

Quais são as causas da síndrome do túnel do carpo?

A principal causa da síndrome do túnel do carpo é a L.E.R. (lesão por esforços repetitivos), gerada por movimentos como digitar ou tocar instrumentos musicais. A síndrome do túnel do carpo também pode ter causas traumáticas, inflamatórias, hormonais, medicamentosas e tumorais. Alguns fatores aumentam o risco de ocorrência da síndrome do túnel do carpo, como fraturas ósseas ou artrite do punho, diabetes mellitus, alcoolismo, hipotireoidismo, insuficiência renal, menopausa, infecções, obesidade e esclerodermia.

Quais são os principais sinais e sintomas da síndrome do túnel do carpo?

O principal sintoma é uma sensação de formigamento na área de enervação do nervo mediano (a palma da mão, o polegar, os dedos indicador e médio), que se manifesta mais à noite, às vezes dificultando executar tarefas simples como pregar um botão, enfiar uma agulha, segurar uma xícara, etc. Pode haver dormências ou formigamentos do polegar e dos dois ou três dedos seguintes, dormência ou formigamento da palma da mão, dor no cotovelo, no punho ou na mão, desgaste do músculo sob o polegar, fraqueza nas mãos, movimento débil de pinça usando o polegar e dificuldade de estender o dedo da mão anteriormente flexionado. A síndrome é mais comum em pessoas que realizam as atividades como costurar, dirigir, pintar, escrever, jogar tênis ou handebol e tocar determinados instrumentos musicais.

Como o médico diagnostica a síndrome do túnel do carpo?

O diagnóstico da síndrome do túnel do carpo depende dos sintomas relatados pelo paciente e do exame físico dele, durante o qual alguns testes funcionais podem ser feitos pelo médico. Em muitos casos, a eletroneuromiografia ajuda a fechar o diagnóstico. Radiografias do punho podem ajudar a excluir alterações ósseas.

Como o médico trata a síndrome do túnel do carpo?

O tratamento depende do grau de comprometimento da doença. Inicialmente, indica-se a imobilização do pulso e o uso de anti-inflamatórios. Compressas frias ou quentes podem ajudar. Se não houver melhora, pode aplicar-se cortisona dentro do canal do carpo. Em casos mais resistentes é indicada a descompressão cirúrgica. A cirurgia normalmente é bem-sucedida, mas depende de por quanto tempo o nervo foi comprimido e da gravidade do problema.

Como evolui a síndrome do túnel do carpo?

Na maioria das vezes, a síndrome do túnel do carpo melhora com o tratamento clínico, mas em cerca de 50% dos casos acaba sendo necessária uma cirurgia. Em geral, a cirurgia é bem-sucedida, mas a recuperação pode durar meses.Quando a síndrome do túnel do carpo não é tratada adequadamente o nervo pode ser lesado, provocando fraqueza, dormência e formigamento permanentes.

Como se prevenir da síndrome do túnel do carpo?

•Evite atividades que impliquem movimentos repetitivos de flexo-extensão do punho e evite dormir sobre seus punhos.

•O hipotireoidismo e doenças como diabetes mellitus podem acarretar neuropatias compressivas. Procure mantê-las sob controle.

•Por causa da queda na produção de estrógeno, as mulheres no período do climatério estão mais sujeitas à síndrome do túnel do carpo.

•Procure soluções ergonômicas para realizar suas atividades. Quando usar o computador, sente-se corretamente e mantenha os braços e punhos apoiados.

POSTS EM DESTAQUE
RECENTES
ARQUIVO
TAGS
SIGA-NOS
  • Facebook Reflexão
  • Reflexão do Twitter
  • Google + reflexão
  • LinkedIn Reflexão
  • Reflexão YouTube
  • Instagram Reflexão

SIGA-NOS

  • Facebook Reflexão
  • Reflexão do Twitter
  • Google + reflexão
  • LinkedIn Reflexão
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

ONDE ESTAMOS

TELEFONES

E-MAIL

Rua Arauá, 576, São José

Aracaju | Sergipe | Brasil

79 3022-6397

79 3023-1360

79 9887-9599

79 8813-0143


 

Clínica de Neurologia e Fisioterapia em Aracaju - Sergipe | Neurocare

Neurocare® . Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Kogumelo Studio.