Como o Alzheimer é diagnosticado

O diagnóstico do Alzheimer é baseado em critérios clínicos bem definidos, associados às características da imagem de tomografia ou, preferencialmente, ressonância magnética.


A positividade de biomarcadores que reflitam o processo patogênico da DA (marcadores moleculares através de PET ou Líquor ou Neuroimagem estrutural e funcional), aumentam o grau de confiabilidade do diagnóstico clínico da demência da DA provável.


As alterações desses biomarcadores (redução da beta amilóide e aumento da proteína Tau) no Líquor normalmente ocorrem já na fré clínica e ajudam no diagnóstico do quadro demencial.



POSTS EM DESTAQUE
RECENTES